Anúncio de Cabeçalho

test

Vice-prefeito de Bom Jardim tomará posse ao cargo de prefeito

A substituição foi determinada por decisão judicial na tarde da ultima sexta-feira (7). A posse está prevista, para ser realizada às 14 horas desta segunda-feira (9).

A decisão do juiz Raphael Leite Guedes é baseada em uma Ação Civil Pública (ACP) solicitada pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA), que afirma que no município há um esquema de desvio de combustível. No inicio da tarde da ultima sexta-feira (07) a Justiça do Maranhão determinou o afastamento de Francisco Alves de Araújo, prefeito de Bom Jardim, por atos de improbidade administrativa.

Segundo o órgão ministerial o desvio de recursos públicos ocorreu por meio de contrato de fornecimento de combustível, celebrado com o Posto Varão. Ainda segundo o promotor de justiça, Fabio Santos de Oliveira, o prefeito escolhia quem deveria ter acesso aos abastecimentos, por meio de cota aos vereadores da base aliada. O esquema era controlado pelo secretário de Administração, Ayrton Alves de Araújo.

A decisão determinou que a Câmara Municipal de Vereadores dê posse ao vice-prefeito, em 72 horas, no cargo de prefeito. O Presidente da Câmara, Adalvan Antônio de Andrade (Duvan Boiadeiro), obedecendo à decisão judicial, convocou sessão extraordinária para dá posse ao vice-prefeito João Rodrigues Fortaleza no cargo de prefeito de Bom Jardim, que está prevista, para ser realizada às 14 horas desta segunda-feira (09).

Segundo a acessória de comunicação de Francisco Araújo, o prefeito irá recorrer da decisão. Ainda segundo a acessória, o prefeito nega as acusações e alega que não teve tempo para se defender, e diz que “a população de Bom Jardim é a mais prejudicada com medidas precipitadas”. Que acreditam que “essa decisão será reparada, e o prefeito vai reassumir o mandato”.