Anúncio de Cabeçalho

test

Incêndios causam baixa na produção de coco babaçu no Maranhão

Famílias que vivem da produção do fruto tem tido problemas para sobreviver na Região dos Cocais.

Produção de coco babaçu caiu na Região dos Cocais.
No Maranhão, um dos principais frutos típicos da Região dos Cocais, o coco babaçu, está em falta. Parte da vegetação onde predomina as palmeiras foi afetada pelos incêndios que atingiram a região dos cocais no ano passado e para as famílias que sobreviviam da extração da amêndoa, a alternativa é procurar outro meio de geração de renda.

No povoado Santo Antônio, no Segundo Distrito de Caxias, o coco que antes ficava amontoado agora sumiu dos terreiros. Antes, o companheiro das tardes inteiras das quebradeiras era o machado que ajudava na produção do azeite. Agora, o produto está em falta na região e é preciso caminhar longas distâncias para tentar encontrar alguns frutos.

No povoado Brejinho, Primeiro Distrito de Caxias, o azeite de coco babaçu é um dos principais produtos vendidos às margens da BR 316. O produto custa em média R$ 16,00 o litro e as famílias que dependem desta renda tem tentado se articular de outras formas para conseguir a subsistência na região.