Índios guajajaras são presos com mais de 2 toneladas de maconha no Maranhão

Nesta quarta-feira (11), a Polícia Militar e a Polícia Civil do Maranhão, por meio da 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda, apreendeu 2.300 kg de maconha e prendeu sete índios da tribo Guajajara, da aldeia Felipe Boner, na cidade de Jenipapo dos Vieiras. Eles são suspeitos de traficar drogas.

Foram presos: o cacique Darlan Guajajara de Sousa, 36 anos, apontado como principal suspeito de ser o líder do tráfico de drogas na aldeia; Jacilene Guajajara de Sousa, 43 anos; Licinha Carvalho Guajajara de Sousa; Laide Carvalho Guajajara de Sousa; Erivan de Sousa Carvalho Guajajara, 26 anos; Ezequiel Carlos Atanazio Guajajara, 34 anos; Elizaldo de Sousa Carvalho Guajajara, de 39 anos.

Segundo informações da Polícia Civil, os detidos são suspeitos de participação nos crimes de tráfico de drogas, receptação de veículos roubados, organização criminosa e corrupção de menores. As prisões e apreensões foram resultado de quatro meses de investigações.

Além das duas toneladas de maconha, a polícia apreendeu: três veículos, entre eles uma SW4 do cacique; cinco armas de fogo; duas prensas artesanais para prensar e embalar o entorpecente; balanças utilizadas nos crimes e demais objetos suspeitos.

Ainda de acordo com a polícia, os conduzidos responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: Secretaria de Segurança Publica do Maranhão















    

 
© Rádio Atrativa FM - Bom Jardim - Maranhão - Brasil - Telefone: 98 99151-2740 WhatsApp: 98 99151-2740