Anúncio de Cabeçalho

test

SINPROBEN emite nota de repúdio contra a gestão Malrinete Gralhada “incapaz e incompetente” diz o sindicato.

“Incapaz e incompetente, essas são as qualificações que devemos dá à Prefeita Malrinete Gralhada” diz o SINPROBEN.

Malrinete Gralhada é chamada de "incapaz e incompetente" em nota divulgada por sindicato.
Em  nota emitida pelo Sindicato dos Professores Municipais de Bom Jardim, na manhã desta quarta-feira (03), e divulgada em carros de som pelas ruas da cidade, a prefeita do município é chamada de "incapaz e incompetente" pelo sindicato.

Segundo o sindicato faltam planejamento e competência no governo de Malrinete Gralhada. “Incapaz e incompetente, essas são as qualificações que devemos dá à Prefeita Malrinete Gralhada que não cumpre com suas obrigações financeiras com os servidores desse município, atrasando salários, descumprindo acordos firmados com os professores e má utilização dos recursos públicos”.

E repudiam a atitude de Maltrinete Gralhada, que chamam de vergonhosa, por descumprir acordo firmado, em efetuar o pagamento referente à primeira parcela do décimo terceiro dos professores que iria ser pago no mês de julho e que a gestora mais uma vez deixou de honrar, não autorizando o pagamento.

Ainda segundo o sindicato o município já recebeu de janeiro a julho de 2016 o valor correspondente a R$ 36.074.689,53 (trinta e seis milhões, setenta e quatro mil, seiscentos e oitenta e nove reais, e cinquenta e três centavos), e a prefeita Malrinete Gralhada ainda se utiliza da alegação da falta de verbas, o que somente justifica a incompetência e falta de planejamento da sua gestão.

Nota de repúdio.
O SINPROBEN (Sindicato dos Professores Municipais de Bom Jardim) vem em nome de toda categoria demonstrar veemente desprezo, a atitude vergonhosa da Prefeita Malrinete Gralhada, ao descumprimento do acordo firmado, em efetuar o pagamento referente à primeira parcela do décimo terceiro dos professores que iria ser pago no mês de julho, isso é inaceitável! Pois, o município já recebeu de janeiro a julho de 2016 o valor correspondente a R$ 36.074.689,53 (trinta e seis milhões, setenta e quatro mil, seiscentos e oitenta e nove reais, cinquenta e três centavos), a prefeita Malrinete gralhada ainda se utiliza da alegação da falta de verbas, o que somente justifica a incompetência e falta de planejamento da sua gestão. Incapaz e incompetente, essas são as qualificações que devemos dá à Prefeita Malrinete Gralhada que não cumpre com suas obrigações financeiras com os servidores desse município, atrasando salários, descumprindo acordos firmados com os professores e má utilização dos recursos públicos, diante desse caos repudiamos as atitudes da gestora municipal e exigimos o respeito que nos é devido.