Denunciada por supostas fraudes, Malrinete Gralhada decide cancelar contratos suspeitos

Prefeita de Bom Jardim atende recomendação do Ministério Público e decide cancelar contratos sob suspeitas de fraudes.

Depois de denunciada por supostas fraudes, Malrinete Gralhada decide cancelar contratos suspeitos.
Depois de acionada na Justiça em duas Ações Civis Publicas pelo Ministério Publico Estadual (MPE), e denunciada na Procuradoria Geral da Republica do Maranhão, e na Policia Federal sobre supostas fraudes em licitações que ultrapassam 12 milhões de reais, Malrinete Gralhada, do PMDB, decide anular todos os contratos sob suspeitas de fraudes. A mesma emitiu nota através de sua acessória de comunicação na tarde desta quarta-feira (11), onde afirma estar seguindo uma recomendação do Ministério Publico.

“Diante da recomendação ministerial. Assim referendada pela súmula 473 do STF onde o gestor tem a discricionariedade de rever seus próprios atos, resolvi rescindir todos os contratos que de alguma forma foram colocados em suspeição de sua legalidade.” Disse Malrinete.

A prefeita diz ainda que as denúncias não se sustentam, pois segundo ela, não há base legal, que tem feito sua gestão pautada na probidade e dentro de todos os preceitos legais e reafirmou que são infundadas as denuncias da Câmara de Vereadores, porém o próprio promotor de justiça, Fabio Santos de Oliveira, disse em entrevista ao Jornal Nacional que há fortes indícios de fraudes.

Os contratos sob suspeita são seis procedimentos licitatórios no valor total de R$ 8.933.568,52 firmados entre o Município e a empresa Piaza & Cia (J W Comércio E Serviços Eireli – EPP), e dois contratos entre o Município e a empresa Contrex (Construções e Serviços Eireli-ME), cuja soma resulta no valor de R$ 3.203.842,60. Referente a ambos os contratos houve a manifestação e pedido de suspensão e anulação, por parte do Ministério Publico que apontou irregularidades nas contratações.

As denuncias que culminaram em duas Ações Civis Publicas na Justiça Estadual também serviram de base para aprovação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Câmara de Vereadores, com a finalidade de investigar indícios de fraude milionária em processos licitatórios e contratos realizados pelo município de Bom Jardim com empresas apontadas como de fachada.

Assim a administração Malrinete Gralhada completa nove meses, sendo alvo de inúmeras investigações de órgãos fiscalizadores da esfera Estadual e Federal.

Veja também!















    

 
© Rádio Atrativa FM - Bom Jardim - Maranhão - Brasil - Telefone: 98 99166-7975 WhatsApp: 98 99166-7975