Anúncio de Cabeçalho

test

Manifestantes protestam em apoio à prefeita Malrinete Gralhada “deixa a mulher trabalhar”.

O ato pró-Malrinete iniciou por volta das 08:30 horas desta terça-feira (19). Os manifestantes se concentraram na Praça do Mercado Municipal, esquina com a Rua Arlindo Menezes e Rua 07 de Setembro, no Centro de Bom Jardim, cidade governada pela prefeita e ex-deputada estadual, Malrinete Gralhada, do PMDB, a mesma havia convocado a população durante o fim da ultima semana usando carros de som, sob a alegação de que a Câmara de Vereadores estaria tramando o que ela chama de ‘golpe’ para retirá-la do governo.

O Movimento convocado pela gestora foi batizado com a seguinte frase “Justiça Já! Deixa a mulher trabalhar!” e contou com a participação de integrantes de partidos políticos e povos indígenas que protestaram a favor de Malrinete e contra o Presidente da Câmara, Arão Silva, que havia denunciado irregularidades no governo Malrinete ao Ministério Publico.

Centenas de pessoas com faixas, cartazes e um carro de som ocuparam a praça e fecharam as duas principais ruas de acesso impedindo que veículos trafegassem pelo local. Por volta das 09:30 os manifestantes saíram em passeata percorrendo a Rua Alindo Menezes, e após seguiram na Avenida José Pero, e BR-316, em sentido a Praça do Terminal Rodoviário, após seguiram na Rua Nova Brasilia em direção ao prédio do Ministério Publico onde permaneceram por alguns minutos, em seguida retornaram a BR-316 refazendo trajeto de volta a Praça do Mercado, e seguiram na Rua 07 de Setembro em direção a Câmara Municipal com intenção de invadir e ocupar o prédio, porém ao chegar se depararam com os portões fechados, os manifestantes se mantiveram em frente ao prédio por alguns minutos e logo após se despeçaram por volta das 10:50 horas.

A Polícia Militar e Guardas Municipais estiveram acompanhando todo o ato com o intuito de garantir a segurança dos manifestantes e consecutivamente orientar os condutores de veículos para que o transito fluísse normalmente em rotas alternativas.

Vale ressaltar que Malrinete foi denunciada recentemente ao Ministério Publico, a mesma esta há pouco mais de oito meses a frente da Prefeitura de Bom Jardim e já é suspeita de supostos desvios de dinheiro publico que podem chegar a 10 milhões de reais. Malrinete era vice e assumiu o cargo de prefeita em 05 de setembro de 2015, quando foi decretada pela Câmara Municipal, a perda de mandato da ex-prefeita Lidiane Leite que era alvo de varias investigações do MPE, MPF, e da Policia Federal. Com medo de ter o mesmo destino de Lidiane, Malrinete resolveu convocar a população do município, principalmente os contratados sem concurso publico para participarem do ato a seu favor.