Moradores do bairro São Bernardo cobram da prefeitura uma solução para o problema da falta d'água

Na ultima quarta-feira, dia 02 de Dezembro, nossa equipe foi convidada por moradores a acompanhar uma reunião prevista para acontecer entre moradores do bairro São Bernardo e a Prefeita Malrinete Gralhada, onde seria tratado o caso da falta de d’água no bairro. Nosso correspondente, Paulo Costa, foi designado para acompanhar a reunião e confirmou! “População sofre a mais de um ano com a falta de água nos bairros São Bernardo e Nobre em Bom Jardim”.

A prefeita Malrinete era aguardada ansiosamente pelos moradores que compareceram em grande quantidade a esperada reunião, que aguardaram... Sentaram... Aguardaram mais um pouco... E nada da presença da prefeita, que por sua vez, mandou um representante para substituí-la na reunião. Segundo os moradores destas localidades o problema da falta d’água já se arrasta a meses, e cobram da prefeitura uma solução para o caso, já que a Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (CAEMA), não faz nada para solucionar o problema.

O não comparecimento da chefa do executivo deixou alguns moradores com os nervos à flor da pele e revoltados com a falta de compromisso gestora. No encontro, nada foi resolvido e os prejudicados com a falta d’água decidiram fazer um abaixo assinado para pedir uma bomba para o poço. Uma nova reunião deve ser marcada, mas desta vez, exigem a presença da prefeita em uma tentativa de solucionar o caso.

A moradora Maria, relatou a nossa equipe que já procurou o escritório da CAEMA no município, mas que foi maltratada pelo gerente e pede uma solução da prefeitura. “A situação aqui é precária, na minha rua já esta quase com um ano que não vai água. Nós queremos pedir para a prefeita Malrinete, eu peso encarecidamente para ela tama uma providencia, porque a situação ta precária e desumana”. Perguntada o que diz o responsável pela CAEMA sobre o problema da falta d’agua no município, Maria respondeu: “Ele não toma providencia nenhuma, agente vai lá, eles tratam agente muito é mal. Uma vez eu fui lá, eu fui tratada mal, lá na CAEMA”.

O morador “Chico Magro” relata o sofrimento da população com a falta d’água no bairro, e fala também sobre o péssimo atendimento da CAEMA que trata mal quem a procura. “Aqui não existe água, ta todo mundo sofrendo. Nós estamos querendo pedir o apoio da prefeita, mais ela não compareceu. Em primeiro lugar queríamos a CAEMA, mas como ela não resolve e trata todo mundo mal, agente vai apelar pra prefeita nos ajudar. Vamos fazer um abaixo assinado pra pedir uma bomba, já que pedimos pra CAEMA e eles não revolveram. O papel da conta da CAEMA chega todos os meses, agora eu quero saber porque nós vamos pagar essa conta sem dever?”, Perguntado o que a população esperava da prefeita neste momento, Chico respondeu: “Esperamos que a prefeita nos ajude, estamos confiante que ela vai nos ajudar e da força pra nós aqui do bairro”.

Os moradores também reclamam que estão sendo lesados pela CAEMA já que não recebem o serviço contratado e estão sendo cobrados pela água que não sai da torneira de suas residências. “Caótico, sobre a água é caótico, essa água o problema está com uns seis meses. Aqui no bairro ninguém dorme a noite, é uma calamidade total que ta perturbando a população em geral, é carro de mão pra cima e pra baixo durante a noite toda carregando água. A CAEMA tem conhecimento, mas é irresponsável porque não toma providencia, só que a conta vem certo e nós estamos sendo lesados pela CAEMA” afirmou Adalmir.

Alcione do Dudu, assessor de Gabinete Civil da Prefeitura, esteve presente na reunião representando a prefeita Malrinete Gralhada e destacou o interesse da gestora em resolver de imediato a situação da falta d’água nos bairros. “O bairro está passando por problemas de água, a prefeita assim que tomou conhecimento pediu que agente viesse aqui e conversasse com a população e ficou detectado que a CAEMA tem um poço de 250 metros desativado e um outro poço funcionando que não da pra atender todo o bairro e de imediato a prefeita sensibilizada marcou uma audiência publica com os moradores do bairro e vai tomar providencias, de imediato, tentar resolver o problema com a troca da bomba que não é compatível com a quantidade de moradores por outra que possa comportar a vazão de água pra todo o bairro”.

Clique no player abaixo e ouça a reportagem do Atrativa Notícias edição de 05/12/2015















    

 
© Rádio Atrativa FM - Bom Jardim - Maranhão - Brasil - Telefone: 98 99166-7975 WhatsApp: 98 99166-7975