Anúncio de Cabeçalho

test

Sampaio despacha o Mogi e pula pro G4

Pimentinha comemora o primeiro gol.
Invencibilidade mantida e G4 confirmado. O Sampaio cumpriu o seu papel, novamente, no Castelão, e vence outra partida diante da sua torcida. Mais uma etapa superada, numa Série B disputada pau a pau.

O Mogi Mirim sabia que não podia entrar errado. Fechado com uma tranca de ferro, a equipe paulista apenas marcava atrás da famosa linha da bola. Seu objetivo: não falhar. As intenções do Sampaio eram outras. Atacar.

O domínio era absoluto. O Tubarão avançava feroz, enquanto seu oponente se defendia, apenas, à espera de uma bola vadia, que parecia não ter a mínima intenção de aparecer. O Tricolor doutrinava completamente a partida.

A valentia do adversário durou cerca de meia hora. Estava escrito. O gol era questão de tempo. Edgar recebeu na intermediária e acionou um passe teleguiado para Pimentinha, que, com classe, cheio de estilo, colocou por cima do goleiro. Sim, golaço. 1×0 Bolívia Querida.

A facilidade se desenhava? Errado. O Mogi, antes do termino da etapa inicial, ainda acertou um tiro na trave. Claro sinal de que não se entregaria tão facilmente.

Não há ilusão. Essa lição já foi passada em várias ocasiões na Série B. No segundo tempo, um susto. Escanteio, bola na área, e a torcida Tricolor gelou. Gol do Mogi.

Mas o abatimento passou longe de contaminar o Sampaio, que aproveitou o encolhimento do adversário para atacar sem piedade. Ninguém queria dormir com esse soco na nuca.

Insinuante, Pimentinha chamou a defesa pra dançar e jogou na área, Diones, sempre perigoso, cabeceou a queima-roupa, o goleiro ainda operou o milagre, mas Jheimy o castigou. Aqui, não! 2×1.

Justiça restabelecida. Restava finalizar o duelo. O Sampaio partiu para o ato final, que não demoraria a se concretizar.

Raí invadiu pela esquerda e cruzou, preciso, para um mergulho fatal de Jheimy, outra vez. Explosão no Castelão. Adversário na lona. A contagem se abriu. Três pontos na conta e o G4 garantido. Sampaio Corrêa FC.

Veja a tabela de classificação abaixo (01/09/2015).