Câmara instala CPI para investigar prefeita.

Câmara instala CPI para cassar o mandato da prefeita Lidiane Rocha que responderá por improbidade administrativa.

A Câmara de Vereadores do município de Bom Jardim abriu processo para cassar o mandato da prefeita Lidiane Rocha, na ultima terça-feira, 21 de maio com a instalação de uma (CPI) Comissão Parlamentar de Inquérito por improbidade administrativa.

A CPI foi aprovada por sete votos contra um no Legislativo. Entre as motivações, estão à tentativa de coagir vereadores, e de atrapalhar os processos da Câmara de Vereadores. Foi escolhida uma comissão processante conforme prevê o Decreto de nº 201 que vai colher todas as provas documentais, bem como ceder direito de ampla defesa à prefeita, esclareceu o presidente da Câmara, Silvano Andrade.

Para que a cassação seja efetivada, é necessária a votação favorável de 2/3 dos vereadores, que somam um total de 13 parlamentares. Em seguida, o processo será encaminhado ao Ministério Público e, posteriormente, à Justiça Eleitoral.

O requerimento colocado em pauta e foi aprovado por 6 votos a favor e 1 voto contra.
Votou a favor, a Vereadora Sandra do Salomão, Marcony Mendes, Roberth Meireles, Chico do Braz, Sonia Brandão, e Adriano Varão, o Vereador Manim votou contra a instalação da CPI.

Com a aprovação, o Presidente instaura a CPI, que tem duração de 120 dias e pode ser prorrogada por mais 60 dias, mais segundo informações, existe a previsão de que o inquérito seja totalmente apurado até dia 30 de Junho. O principal objetivo da CPI é investigar no mínimo três supostas irregularidades da Administração Municipal.

1) Fraudes em Processo Licitatório.
2) Uso de Decreto Executivo de Situação de Emergência para aquisição sem processo licitatório irregularmente.
3) Denuncias de Populares que irão ser anexadas ao processo.

Por tanto, esses são os principais temas a serem investigados pela CPI, que também vai apurar denúncias feitas pela comunidade e irregularidades na Administração da Prefeitura.

A vereadora Sônia Brandão de Jesus, autora do pedido denunciou a prefeita, em discurso no plenário da Câmara Municipal, acusando-a de fraudes em processo de licitação e uso irregular de decreto de situação de emergência. Clique no player e ouça a vereadora Sônia Brandão!



Também na Sessão de ontem, foi aprovado outro projeto por 7 votos a 1 de autoria do Presidente da UMESB, Higor Ferreira e de um morador da comunidade Rio Azul, Professor Josué que pede a cassação da Prefeita Lidiane Rocha. No projeto existe varias denuncias que podem gerar improbidade administrativa. O Vereador Roberth Meireles será o Presidente da comissão investigativa, Vereador Adriano Varão será o relator, e o Vereador Chico do Braz o Membro. Os cargos da comissão do pedido de cassação foram distribuídos por sorteio.

Agora vamos ouvir parte do pronunciamento de Higor Ferreira que usou a tribuna para defender o projeto de sua autoria e de moradores da comunidade Rio Azul que pede a cassação da Prefeita Lidiane Rocha por improbidade administrativa. Clique no player e ouça a Higor Ferreira!



Vereadora Sandra do Salomão se demonstra totalmente a favor da instalação da CPI, pois o município está sofrendo a falta de saúde, educação, faltam professores, estradas... Diz que “o poder é manda do povo, o povo bata, o povo tira” e que a cassação da Prefeita servira de exemplo para os futuros prefeitos de Bom Jardim. Clique no player e ouça a vereadora Sandra do Salomão!



O Vereador Manim se diz preocupado com o povo e diz não ser a favor da cassação da Prefeita, mais fala que é favor da investigação... Clique no player e ouça o vereador Manim!



Acompanhe agora o momento da votação de instalação da (CPI) aprovado por 6 votos a favor e 1 voto contra, que vai apurar irregularidades na Administração da Prefeitura. E também o momento em que os vereadores aprovaram um outro projeto por 7 votos a 1 de autoria do Presidente da UMESB, Higor Ferreira e de um morador da comunidade Rio Azul, Professor Josué que pede a cassação da Prefeita Lidiane Rocha. Silvano Andrade fala da Constituição Federal na Lei Orgânica Municipal, que é de fiscalizar os atos da Administração Pública Municipal e propugnar pelo bem da comunidade bom-jardinense oferecendo subsídios às ações de competência dos Poderes, no que eventualmente lhes couberem, em especial do Ministério Público, da Administração Pública e do próprio Parlamento. Clique no player e ouça!



Entrevista com Silvano Andrade que esclarece tudo o que aconteceu na cessão que pode entrar pra historia de Bom jardim, onde foi aprovado um requerimento de Comissão Parlamentar de Inquérito e Decreto de Cassação de Mandato da Prefeita, fala também sobre as comissões que irão apurar o caso. Clique no player e ouça o Presidente da Câmara de Vereadores de Bom Jardim, Silvano Andrade!















    

 
© Rádio Atrativa FM - Bom Jardim - Maranhão - Brasil - Telefone: 98 99151-2740 WhatsApp: 98 99151-2740